Dicas Para Reduzir o Jetlag em Viagem de Avião

Quem viaja de avião com frequência e por diversas partes do mundo certamente já sofreu da chamada “descompensação horária”, tradução proveniente do inglês jetlag. Trata-se de um distúrbio temporário do sono, gerado por viagens contínuas, para regiões com diferentes fuso horário.

Nesse artigo vamos dar algumas dicas para reduzir o jetlag em viagem de avião. A descompensação horária pode acabar se tornando uma dor de cabeça para quem possui uma rotina de viagens. Falta de concentração, insônia e fadiga são sintomas que podem estar presentes.

O que gera o jetlag

Antes de darmos as dicas para reduzir o jetlag em viagem de avião, vale a pena conhecer um pouco sobre esse curioso efeito. Mesmo quem viaja pouco de avião, mas para países muito distantes, pode ser impactado pelo distúrbio do sono. A ciência explica como a descompensação acontece.

O jetlag é o resultado da falta de sintonia entre os ritmos circadianos do corpo e o fuso horário da cidade de destino. Em outras palavras, é um sinal de que o corpo ainda não se atualizou com relação à mudança de fuso horário.

Imagine tomar um avião para uma cidade onde a diferença de horário seja de 12h e logo em seguida tomar outro avião para algum destino com diferença de 6h. Essa mudança abrupta pode não ser facilmente compreendida pelo corpo, que possui o seu próprio relógio – chamado de relógio biológico.

Por isso é comum ter sono quando ainda é dia ou ter fome durante a noite. Essa desorientação, quando não é bem manejada, pode tornar qualquer viagem desagradável.

Apesar de estar associado principalmente com as viagens de avião, o jetlag pode ocorrer sempre que você viaja para algum lugar onde as sugestões ambientais externas diferem daquelas de onde você veio. Ou seja, a descompensação também pode estar relacionada ao clima e temperatura.

Melhores dicas para reduzir o jetlag em viagem de avião

1. Planeje melhor a sua agenda

Uma das principais dicas para reduzir o jetlag em viagem de avião é trabalhar sempre com uma agenda menos apertada. Se você é uma pessoa que, no dia a dia, tem horários muito rígidos, vale a pena ir desacelerando aos poucos até o dia da sua viagem. Se você já estiver cansado, o jetlag poderá aparecer com maior intensidade.

2. Durma bem antes do seu voo

Na maioria das vezes as pessoas acabam dormindo apenas algumas horas antes de um longo voo. Isso se dá em razão da ansiedade pelo voo, necessidade de estar no aeroporto com antecedência ou correria do dia a dia. A falta de planejamento contribui para uma noite mal dormida antes do voo.

Especialistas afirmam que dormir bem antes de voar pode ajudar a controlar a descompensação. Ao dormir, você ajudará o seu corpo a relaxar. E um corpo relaxado funciona muito melhor.

3. Evite voos que chegam durante a noite

Você pode começar um voo durante a noite, mas evite voos que cheguem ao destino durante esse período do dia. Se possível, opte por um voo que chegue quando ainda existe sol. Essa medida é excelente, pois te ajudará a ficar acordado.

4. Escolha o avião certo

Poucas pessoas sabem, mas alguns aviões são mais bem preparados do que outros para viagens de longa duração. Existem modelos, como o A350 e A380, que contam com sistemas de umidificação de alta tecnologia que ajudam a reter a umidade do ar.

Além disso, esses modelos possuem sistema de iluminação LED, capaz de criar milhares de tons de cores, que simulam as fases naturais do dia. Isso significa que durante o voo você não se sentirá dentro de um avião, mas sim em um espaço qualquer da sua casa ou trabalho.

5. Divida os seus voos em escalas

Para viagens mais longas, é altamente recomendado fazer escalas, por mais que isso possa tornar a viagem um pouco mais demorada. Tente fazer uma escala, para que o seu corpo tenha tempo para se adaptar durante a viagem.

6. Evite pílulas para dormir

Para finalizar a nossa lista de dicas para reduzir o jetlag em viagem de avião, temos mais uma que vai te ajudar e muito. Tomar pílulas e medicamentos para dormir pode ser uma péssima ideia. Além de estimularem uma confusão ainda maior, esses recursos possuem efeito rebote, gerando cansaço após o término do efeito.

Essas são as principais dicas para reduzir o jetlag em viagem de avião. Vale a pena observar cada uma delas, para ter uma experiência de voo muito mais agradável.

Leave a Reply